Banner

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Banner
Você está em Beleza Estética Cuidados com olheiras e bolsas palpebrais

Cuidados com olheiras e bolsas palpebrais

Uma das queixas mais freqüentes em clínicas dermatológicas e estéticas

 

 

Uma das queixas mais freqüentes em clínicas dermatológicas e estéticas é com relação à área dos olhos, a primeira a mostrar sinais de envelhecimento. E dois dos problemas mais comuns são as olheiras e as bolsas palpebrais, que foram temas na palestra da dermatologista Dra. Shirlei Borelli e das esteticistas Sandra Seabra e Maria de Cássia de Oliveira, realizada hoje (dia 9) no Congresso Internacional de Estética Aplicada. Segundo Dra. Shirlei Borelli, as olheiras geralmente são caracterizadas por depósito de pigmento ou comprometimento da vascularização na área. O fator genético pode também ser causa e há os fatores desencadeadores, como poucas horas de sono, menstruação, estresse e tristeza. O tratamento pode ser clínico, ambulatorial ou cirúrgico. Ela explicou que o tratamento clínico pode ser feito com substâncias clareadoras, sendo as mais utilizadas a vitamina K1, Ginkobiloba, ácido retinóico, ácido glicólico, vitamina C, DMAE, Tensine rafermine e Matrixil. Também podem ser utilizadas substâncias descongestivas ou naturais, além do uso de fotoproteção e evitar os fatores desencadeadores. O tratamento ambulatorial é feito através de Laser de Rubi, Laser de Nd Yag, Luz Pulsada, Peelings ou Drenagem Linfática Manual.

 

O tratamento cirúrgico é realizado com ressecção da pele alterada. Já as bolsas palpebrais, de acordo com Dra. Shirlei, podem ser tratadas de forma clínica, com intradermoterapia e técnica transconjuntival. As substâncias dermatológicas mais usadas são Ginkobiloba e vitamina C. “A técnica transconjuntival é utilizada quando não precisa retirar o excesso de pele. O pós-operatório é simples com dois ou três dias de edema ou hematoma, mas traz resultados satisfatórios”, afirmou. Cuidados As esteticistas Sandra Seabra e Maria de Cássia de Oliveira fizeram uma demonstração prático-teórica dos cuidados pré e pós-operatório em intervenções cirúrgicas para correção de olheiras e bolsas palpebrais. Confira os procedimentos: • Três meses antes: ginástica facial para acomodar o tecido e atenuar linhas. • Dois meses antes: drenagem linfática manual, microcorrentes e hidratação. • Um mês antes: ginástica facial, limpeza de pele manual, microcorrentes e hidratação. • Do 7º ao 30º dia pós-cirurgia: higienização da face com soro fisiológico sem retirar crostas; drenagem linfática manual usando complexo de óleos essencias apenas no dorso das mãos; digitopressão em pontos energéticos que auxiliam na circulação; compressas com soro fisiológico resfriado; e filtro solar recomendado pelo médico. Fonte: hairbrasil