Banner

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Banner
Você está em Boa Forma Nutrição Alimentos que nos protegem

Alimentos que nos protegem

Uma alimentação saudável ajuda a retardar o processo de envelhecimento e de degenerações que ocorrem com o tempo

 

Uma alimentação saudável ajuda a retardar o processo de envelhecimento e de degenerações que ocorrem com o tempo (na visão, audição, memória, articulações, coração, artérias, pele ...). Alimentação saudável é como um cinto de segurança, que não dá garantia, mas nos protege. Cuidar bem do corpo significa oferecer, em termos de alimentação, mais água, frutas, hortaliças, alimentos integrais e peixes. ALIMENTOS QUE NOS PROTEGEM ÁGUA - essencial para levar nutrientes até as células; essencial para remover as toxinas de nosso corpo e para o controle térmico. Devemos ingerir 30-35 ml de água/kg de peso corporal. FRUTAS AMARELAS - mamão, manga, pêssego, damasco e nectarina, são ricas fontes de betacaroteno (pré vitamina A), pigmento antioxidante que retarda o envelhecimento celular.

 FRUTAS RICAS EM VITAMINA C - acerola, caju, laranja, tangerina, limão, carambola, maracujá, são antioxidantes que estimulam a imunidade. UVAS - principalmente as roxas, são ricas fontes de vitamina C e resveratrol, que ajudam na prevenção das doenças cardiovasculares. FRUTAS VERMELHAS - cereja, morango, framboesa, amora, pitanga. Ricas em pigmentos antioxidantes, melhoram a memória e a atenção. São estimulantes e evitam a agregação plaquetária. TOMATE E MELANCIA - são ricas fontes em licopeno, indicado como antioxidante "verredor" de radicais livres, e preventivo de câncer de próstata. FRUTAS OLEAGINOSAS - castanhas, nozes, amêndoas, avelãs, amendoim. Ricas em vitamina E e selênio (antioxidantes). Indicadas para a prevenção do câncer. Estimulam a memória, imunidade e fertilidade. VEGETAIS DO GRUPO DAS CRUCÍFERAS - brócolis, couve-flor, couve, couve de Bruxelas, repolho, espinafre. São ricos em betacaroteno, potássio e sulforafane (substância indicada para a prevenção do câncer de pulmão e mama). SALADA CRUA DE HORTALIÇAS - fonte de betacaroteno, magnésio, cálcio e fibras. Previnem câncer de intestino e a absorção intestinal das gorduras e colesterol. Rúcula, acelga, endívias e alface, são indicadas para diminuir tensões e irritações.

BROTOS - entre eles, os de feijão, bambu, alfafa, trevo e lentilha. Representam formas jovens de vidas vegetais. Indicado na medicina chinesa para nos revitalizar /rejuvenescer. São fontes de cálcio, magnésio e potássio. TEMPEROS PICANTES "QUENTES" - alho, alho poró, gengibre, cebola, noz moscada e pimenta (malagueta, caiena). São estimulantes, afrodisíacos, fluidificam mucos e catarros e evitam a agregação de plaquetas e trombose. AZEITE - previne doenças obstrutivas coronarianas. Fonte de Vitamina E. Ajuda no funcionamento do intestino. BERINJELA - na visão da medicina energética oriental, é indicada para aliviar excessos de tensão e a sensação de pressão no peito. É indicada para a proteção do coração e controle do colesterol. SOJA - é indicada para a prevenção de câncer ( em intestinos, próstata e mama) e de doenças coronarianas. A soja ajuda a diminuir o LDL colesterol. Pode ser consumida na forma de to-fu, leite de soja e proteína de soja. ARROZ- considerado o alimento do equilíbrio. Fonte de carboidratos e vitaminas do Complexo B. SHITAKE - é excelente fonte de aminoácidos e óleos essenciais que previnem doenças cardiovasculares. IOGURTE E COALHADA - são ricas fontes de cálcio e de lactobacilos. Os lactobacilos colaboram para a melhor qualidade da flora bacteriana intestinal, previnem câncer do colon e do reto, e fortalecem o sistema imunológico. PEIXES - fontes de Omega 3, óleo essencial que ajuda no controle do colesterol e triglicérideos. Fonte de DMAE que auxilia na memória e atenção. Populações que consomem mais peixes do que carne, são menos propensas a doenças cardiovasculares. Entre os mais indicados: salmão, truta, atum, congro-rosa, pargo, badejo. GINSENG E CHÁ VERDE - são revitalizantes. Melhoram a atenção e são fontes de bioflavonóides que evitam agregação plaquetária e formação de trombos. Dr. João Curvo Médico Nutrologista