Quinta, 19 de Outubro de 2017

Banner
Você está em Qualidade de Vida Alimentação Saudável Cenoura: campeã de vitamina A e do exercício de mastigação

Cenoura: campeã de vitamina A e do exercício de mastigação

Todos sabemos que a cenoura faz bem para os olhos – e o melhor: não se trata de um mito! Alguém já viu um coelho de óculos? , brincava-se antigamente... E isso faz sentido.


Na sabedoria popular, a cenoura faz bem para a visão e para a pele. Mas realmente ela traz muitos outros benefícios e é uma poderosa fonte de saúde.

A cenoura é uma das hortaliças mais consumidas pela população brasileira. Estima-se que o consumo domiciliar esteja em torno de quase dois quilos por pessoa, por ano. À sua frente, no volume de consumo, ficam apenas o tomate, a batata e a alface. A cenoura, espécie Daucus carota L., pertence à família Apiaceae, assim como o coentro, o aipo, o salsão, a erva-doce, a salsinha, o nabo e a mandioquinha.

Ela é originária de áreas temperadas da Ásia Central e sua cultura remonta há mais de dois mil anos. A cor alaranjada característica da cenoura deve-se às grandes quantidades de betacaroteno que, no organismo, se transforma em Vitamina A, desempenhando papel de fundamental importância nos receptores da retina e mantendo, com isso, a qualidade da visão. Essencial para a saúde da pele, cabelos e olhos, é uma rica fonte e saúde que, além de tudo, contribui para a integridade de mucosas e para o crescimento saudável da criança.

A ingestão de 100 gramas desse legume é suficiente para suprir a necessidade diária de Vitamina. A cenoura também é rica em sais minerais, como potássio, sódio, cálcio, fósforo, enxofre, cloro, magnésio, silício e um pouco de ferro, substâncias com propriedades anti-oxidantes necessárias ao bom equilíbrio do organismo, que ajudam a prevenir o envelhecimento precoce. Além disso, contém Vitamina C e vitaminas do complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e digestivo.

Por ser tão nutritiva, recomenda-se que seja ingerida pelo menos três vezes por semana. Sem dúvida, a cenoura tem excelentes qualidades nutricionais que por si só justificam seu consumo, constituindo-se em razão suficiente para incluí-la no cardápio diário.

Cenoura funciona
Além do valor nutricional, a cenoura tem qualidades funcionais interessantes. Suas fibras, por exemplo, estimulam o bom funcionamento do intestino e a pectina, presente e abundante na cenoura, ajuda a baixar a taxa de colesterol no organismo.

Quando consumida crua, deve ser bem lavada e mastigada inteira, cortada em pedaços ou em tirinhas, tornando-se nesse formato um excelente dispositivo para realizar os saudáveis exercícios da mastigação, vez que para ser triturada é preciso usar os dentes que são acionados pelos movimentos e contrações dos músculos faciais. Por isso, exerce relevante papel funcional no bebê, na criança e no adulto.

No bebê, desde os 8 e 9 meses, este alimento é importante no início do aprendizado do processo de mastigar, estimulando e favorecendo os exercícios para o desenvolvimento de um bom padrão mastigatório. Perceba que, ao oferecermos para o bebê uma tirinha de cenoura ele a segura com as mãos, leva-a à boca, coordena esses movimentos, morde, apertando entre os rebordos e os primeiros dentinhos, massageia a gengiva e, concentrado neste ato, se distrai.

Mais tarde, durante a primeira infância, mastigar alimentos secos, duros e fibrosos, no caso a cenoura crua, funciona com um halteres, fazendo a boca se exercitar, o que favorece o crescimento e o desenvolvimento ósseo e muscular da face.

No adulto, mastigar alimentos, como a cenoura crua, tem também relevante função. A boca é uma máquina de mastigar, sendo primordial para que este mecanismo funcione bem a mastigação. Por isso, quanto antes introduzirmos esse exercício, mais fortes ficarão os músculos faciais, auxiliando inclusive no ajuste adequado do contato interdentário.

Além do mais, mastigar faz parte de um mecanismo de liberação de tensão, processo desejável, bastante útil, prazeroso e muito indicado para a vida agitada dos tempos modernos.

Interessante que não só para o ser humano mas também para os animais a cenoura é atrativa: é notável como, além do coelho, o cavalo e o cachorro, por exemplo, gostam e mastigam com satisfação uma boa cenourinha crua.

Sucesso na cenoura
Ao comprá-la, tome o cuidado de escolher cenouras lisas, firmes, sem muita irregularidade e que exibam cor uniforme. As manchas e as áreas verdes encontradas na parte superior da cenoura se formam devido à exposição das raízes ao sol durante o cultivo. A substância que dá a cor verde não é tóxica, mas conferem um sabor amargo e forte.

Recomenda-se evitar fazer suco de cenoura junto com frutas cítricas – laranja, limão e tangerina – porque o ácido cítrico presente em grande quantidade nessas frutas destrói a Vitamina A, como vimos, presente na cenoura.

Fica a sugestão: quando se sentir estressado, recorra a uma cenoura geladinha. Com toda a certeza, ela lhe fará muito bem!

Referências
Profª. Drª. Maria Cristina Ferreira de Camargo – Odontopediatria
Dr. Roberto Mariani - Cirurgia Bucomaxilofacial

Fonte: http://odontologika.uol.com.br/cenoura.htm
Dr. João Luiz Ferreira de Camargo França - Ortodontia