Banner

Quarta, 17 de Setembro de 2014

Banner
Você está em Qualidade de Vida Sua Saúde Desidrose (dermatite crônica das mãos e pés)

Desidrose (dermatite crônica das mãos e pés)

Algumas vezes, o indivíduo com uma

 

 

A dermatite crônica das mãos e dos pés consiste em um grupo de distúrbios nos quais as mãos e os pés tornam-se inflamados e irritados freqüentemente. A dermatite crônica das mãos é conseqüência de tarefas repetitivas e do contato com substâncias químicas. A dermatite crônica dos pés é conseqüência das condições de calor e de umidade produzidas pelas meias e calçados. A dermatite crônica pode produzir prurido na pele das mãos e dos pés além de dor. A dermatite de contato crônica das mãos geralmente tem sua causa na irritação provocada por substâncias químicas (p.ex., sabões, detergentes, produtos para limpeza) ou por luvas de borracha (látex). Sintomas A ponfólige (desidrose) é um distúrbio crônico (de longa duração) que causa a formação de vesículas pruriginosas nas palmas das mãos e nas laterais dos dedos, que também pode ocorrer nas plantas dos pés. Freqüentemente, as vesículas são descamativas, vermelhas e com saída de um líquido claro e espesso. A ponfólige é algumas vezes chamada de desidrose, o que significa "sudorese anormal", mas essa doença não tem qualquer relação com o suor. Além da dermatite de contato, a infecção fúngica é uma causa comum de erupção cutânea nos pés, especialmente as pequenas vesículas ou erupções cutâneas vermelhas e profundas. Algumas vezes, o indivíduo com uma infecção fúngica crônica nos pés apresenta uma dermatite nas mãos decorrente de uma reação alérgica ao fungo (mícides). Tratamento O tratamento da dermatite crônica depende de sua causa. Na maioria dos casos, o melhor tratamento consiste na eliminação da substância química que está irritando a pele. Os cremes de corticosteróides podem ser aplicados para tratar a inflamação. As infecções bacterianas que podem ocorrer nas lesões abertas da pele são tratadas com antibióticos. Quando a causa dos sintomas é um fungo, é prescrito um medicamento antifúngico local ou sistêmico. Fonte: Dr. Paulo Freire