Banner

Quarta, 23 de Julho de 2014

Banner
Você está em Qualidade de Vida Sua Saúde Perguntas e respostas sobre hérnia inguinal

Perguntas e respostas sobre hérnia inguinal

ocê pode nascer com a hérnia ou pode adquirir a

 

1. Como aparece a hérnia inguinal? Você pode nascer com a hérnia ou pode adquirir a hérnia durante a vida, geralmente decorrente de algum tipo de esforço físico. Ex.: Carregar peso, esforço para urinar em pessoas com problemas de próstata, esforço para evacuar em pessoas com obstipação, tosse crônica, gravidez e outros. 2. Como eu sei se estou com uma hérnia inguinal (na virilha)? Geralmente a pessoa portada de hérnia inguinal sente, inicialmente, uma sensação de peso ou dor ou aparecimento de um "caroço" na virilha. Como sugestão, você pode fazer um auto exame: Fique em pé e coloque a mão na região da virilha onde você suspeita da presença de hérnia e faça um esforço de tosse por cinco vezes seguidas. Se você sentir um "caroço" ou abaulamento na região, VOCÊ PROVAVELMENTE É PORTADOR DE HÉRNIA INGUINAL. Após este procedimento, recomendamos que você descanse deitado por cerca de cinco minutos para que o "caroço" desapareça. Passado este tempo, fique em pé novamente e repita o procedimento para examinar o outro lado. Ao término deste exame, caso esse caroço não regrida ou em caso de qualquer dúvida, recomendamos que você procure um cirurgião de sua preferência ou o nosso INSTITUTO DE HÉRNIA DAS AMÉRICAS 3. Qual é o tratamento da hérnia inguinal? O tratamento ideal é cirúrgico, ou seja, você deverá ser submetido a uma intervenção cirúrgica para a correção da hérnia. Existem várias técnicas de correção e a escolha da melhor para o seu caso dependerá da capacitação e do conhecimento sobre as modernas técnicas descritas pelo cirurgião que você escolher. 4. Tenho outras alternativas de tratamento sem a operação? Sim, a mais utilizada são as fundas, porém a cura para a hérnia só pode ser alcançado pela cirurgia. Geralmente as fundas trazem um grande incômodo para o paciente e não previnem as potenciais complicações decorrentes do não tratamento cirúrgico. 5. O que pode acontecer se eu não operar? A hérnia inguinal tem uma tendência a aumentar de volume com o passar do tempo e você pode vir a desenvolver a complicação mais temida que é o encarceramento seguida ou não pelo estrangulamento. Estas situações, de emergência, podem colocar a sua vida em risco.

 

Além disso, a hérnia inguinal prejudica o seu desempenho cotidiano, causa dor, constrangimento ou dificuldade para a sua atividade sexual e dificulta sua colocação no mercado de trabalho. 6. Quando devo operar a hérnia inguinal? Após o estudo minucioso do seu caso, salvo em condição clínica de emergência, você irá se programar para que, no prazo mais breve possível, seja realizado o seu tratamento cirúrgico. 7. Será necessário a colocação uma tela para a correção da minha hérnia inguinal? O seu caso será analisado com toda a atenção durante consulta médica. Lembre-se que se a sua hérnia inguinal for adquirida, a colocação de tela para correção definitiva da hérnia inguinal é atualmente a melhor alternativa de terapêutica cirúrgica. 8. Qual é a vantagem do uso da tela? O uso da tela possibilita a redução da dor após a cirurgia, diminui o tempo de internação hospitalar, diminui o tempo para o retorno seguro às atividades do dia a dia e evita a recidiva. 9. A cirurgia pode ser realizada com anestesia local? Sim. Na maioria dos casos pode ser realizada a correção da hérnia inguinal utilizando a anestesia local, após o seu consentimento. 10. Quanto tempo demora a minha recuperação depois da operação? Você poderá receber alta no mesmo dia da operação ou no dia seguinte. Poderá voltar as suas atividades após um período mínimo de repouso de 2 dias, dependendo do tipo de atividade física que você exerce. 11. A correção cirúrgica altera o meu desempenho sexual? Não. A correção cirúrgica não altera o seu desempenho sexual. Entretanto saiba que aconselhamos você a abster-se de atividades sexuais por no máximo 10 dias. 12. Vou sentir dor após a operação? Sim. Sentirá uma dor nos primeiros dias de pós-operatório, plenamente controlada com medicação analgésica com mínima repercussão sobre as suas atividades corriqueiras. 13. O que posso fazer após a operação? Você poderá fazer atividades físicas leves logo após a recuperação da anestesia como andar, levantar-se sozinho e outros. Após dois dias já poderá desenvolver atividades moderadas como subir escadas, dirigir e retornar ao trabalho. Após dez dias você já estará liberado para fazer todo tipo de atividade física, inclusive atividades físicas intensas como levantar pesos ou correr. 14. Quais os cuidados que devo tomar com o local operado? Mantenha o local operado com curativo oclusivo com compressas de gaze e esparadrapo, evitando molhar a região por 2 dias. Depois do segundo dia, o curativo oclusivo pode ser retirado, mantendo-se somente as fitas de esparadrapo. O local operado deverá ser lavado com água e sabão durante o banho. Se as fitas cairem durante esse procedimento, não se preocupe, basta substituí-las por esparadrapo de Micropore. Após o décimo dia da operação, as fitas de esparadrapo podem ser retiradas. 15. Quando eu volto para a retirada dos pontos? O INSTITUTO DE HÉRNIA DAS AMÉRICAS, adota uma maneira de aproximação do local operado sem que a necessidade da dolorosa retirada de pontos. Esta técnica, além de conferir um efeito estético excelente, permite uma condução do pós-operatório com maior conforto para o agendamento e a administração do seu precioso tempo, principalmente se você morar em outro estado ou país. 16. Terei que fazer algum tipo de dieta após a operação? Não. Não há necessidade de obedecer a nenhuma dieta especial em decorrência da operação utilizada na correção de sua hérnia inguinal. 17. Posso retornar ao trabalho enquanto espero pela cirurgia? Sim, recomendamos que você mantenha suas atividades habituais porém com uma restrição a esforços físicos intensos até que tenha realizado a sua operação. 18. A hérnia pode voltar após a operação? Sim. Esta condição denominamos de hérnia inguinal recidivada. Quando utilizam-se técnicas clássicas de correção de hérnia inguinal, os índices de recidiva podem atingir até 35%. Entretando, existem técnicas modernas que utilizam tela de polipropileno que permitem que esses índices sejam reduzidos para cifras ingeriores à 0,1%. 19. Já operei de hérnia e ela voltou. Tenho que operar de novo? O tratamento da hérnia recidivada é também através de cirurgia. Esta cirurgia é de alta complexidade e requer um tempo de recuperação maior do que na cirurgia para hérnia não recidivada. Nestes casos é imprescindível o uso da tela de polipropileno para evitar novas recidivas. 20. A hérnia inguinal pode ser corrigida através de via laparoscópica ? Sim. Trata-se apenas de mais uma via de acesso para a correção da hérnia inguinal com as suas vantagens e desvantagens. Como já frisamos, o seu caso será estudado e será proposta a melhor via de acesso para o seu caso. Fonte: http://www.institutohernia.com.br/faq.htm