Banner

Quinta, 21 de Agosto de 2014

Banner
Você está em Qualidade de Vida Sua Saúde Pediculose pubiana (chato)

Pediculose pubiana (chato)

A Pediculose pubiana é uma infestação pelo Phthirus pubis (chato), nas

 

 

A Pediculose pubiana é uma infestação pelo Phthirus pubis (chato), nas áreas do corpo onde têm pêlos. É uma doença também conhecida pelo nome de Ftiríase. Os piolhos geralmente se instalam na região pubiana, trata-se de uma dermatose intimamente relacionada com a atividade sexual, embora possa ser diagnosticada em pessoas de qualquer idade, sexo e raça. Outros áreas do corpo também podem ser atingidas como as sobrancelhas e os cílios. Transmissão A transmissão se dá principalmente pelo contato sexual, e localiza-se geralmente na região genital. Sinais e sintomas O sintoma principal é o prurido, que varia de intensidade de pessoa para pessoa. Pode-se observar uma "poeira" marrom-avermelhada (formada pelos excrementos dos insetos) nas roupas de baixo. Máculas cinza-azuladas (1 a 3cm de diâmetro) podem ser vistas no tronco, coxas e axilas, em decorrência da ação da saliva dos insetos sobre a bilirrubina, convertendo-a em biliverdina. Os chatos podem infestar os pêlos do tórax, da axila, da barba, da região pubiana, e das pestanas ou sobrancelhas. Tratamento Existe no mercado farmacêutico remédios específicos para combater essa espécie de piolho e suas lêndeas (ovos). O tratamento deve ser iniciado imediatamente, uma vez que a afecção dissemina-se rapidamente pelo corpo Depois do banho normal, aplicar o creme ou loção indicado pelo médico nas áreas afetadas, não se secar, deixar o medicamento na pele durante 24 horas.

 

Tratar novamente depois de 72 horas, nas infestações graves. As lêndeas das sobrancelhas ou pestanas devem ser removidas manualmente com um cotonete ou uma pinça. Aplicar medicamento tópico, indicado pelo médico, antes de remover as lêndeas As roupas se possível devem ser lavadas na máquina de lavar. É prudente fazer exames específicos para pesquisar doença venérea concomitante. Antipruriginoso, pode ser indicado, sob prescrição médica, caso o prurido seja intenso, e o ato de coçar possa causar lesões graves. Se ocorrer infecção bacteriana secundária e a dermatite, contatar o médico, para que seja prescrito medicação especifica. Complicações A maioria dos infestados pelos piolhos não têm complicações, mas em alguns casos a mordida dos piolhos pode causar alergia, geralmente causadas pelo ato do coçar, resultando nas seguintes complicações: Prurido intenso, que pode causar lesões cutâneas. Piodermite (infecção purulenta da pele). Dermatite. Impetigo. Fonte: MC Correia Online