Banner

Quinta, 23 de Outubro de 2014

Banner
Você está em Saúde Saúde da Mulher Mulher é mais vulnerável às DSTs

Mulher é mais vulnerável às DSTs

Qualquer contato sexual pode transmitir doenças como Aids e HPV

 

A mulher é mais vulnerável a Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) do que o homem, de acordo com o presidente da Sociedade Cearense de Ginecologia e Obstetrícia, Fernando Aguiar. A anatomia feminina é um receptáculo, a vagina é mais úmida que o pênis. "A uretra feminina também é mais curta, o que facilita a entrada de germes, além de ser próxima a duas cavidades, o ânus e a vagina", explica ele. O ginecologista Frederico Perboyre acrescenta que a higiene do pênis também se torna mais fácil por ser um órgão exteriorizado. O ginecologista Sérgio dos Passos Ramos considera que a mulher transmite mais que o homem as DSTs por não fazer facilmente o diagnóstico.

 

"No homem, a maioria dos problemas se manifesta claramente e ele logo identifica. Na mulher, podem ficar mais escondidos". As DSTs são transmitidas através do contato sexual, que não se resume a penetração do pênis na vagina. De acordo com o ginecologista Sérgio dos Passos Ramos, essas doenças podem ser transmitidas em todo o contato do pênis com a vagina, com a vulva (parte externa da vagina), com o ânus ou com a boca. Portanto, não é necessário ejaculação para contaminação por vírus e bactérias. Qualquer contato sexual pode transmitir doenças como Aids e HPV. Daí a importância do preservativo em toda relação sexual.